Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA

Prisões aconteceram durante a revista íntima, já que neste domingo, é dia de visita familiar. Ambas eram mães de detentos

Agentes Penitenciários conseguiram prender na manhã deste domingo (18), duas mulheres suspeitas de entrarem na Penitenciária Flósculo da Nóbrega (Roger) com celulares e carregadores dentro de pacotes de bolachas. 
Segundo o Centro Integrado de Operações Policiais, as prisões aconteceram durante a revista íntima, já que neste domingo, é dia de visita familiar. Ambas eram mães de detentos.
A mãe do detento Vagner da Silva Camilo, foi detida com quatro pacotes de bolacha que escondiam carregadores e celulares, na abordagem ela passou mal e precisou da ajuda do Serviço Móvel de Urgência. Já a outra mãe que foi detida, estava com pacotes de bolacha com três carregadores e um celular. Ela é mãe do presidiário, Jerônimo Leite Siqueira. 
Elas assinaram um Termo de Ocorrência e foram liberadas, porque não foram encontradas drogas. Só ficam proibidas de voltarem ao presídio do Roger por um ano. Já os detentos foram encaminhados para uma cela do isolamento da instituição.

De acordo com a polícia, atualmente o presídio do Roger está com superlotação, a capacidade máxima é de 600 presos e hoje a penitenciária comporta 1.200, o dobro da capacidade permitida.



Redação: com Portal correio 
3
0 Comentários

Postar um comentário