Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA


A visita meteórica da presidente Dilma (PT), que durou aproximadamente 20 minutos, para inaugurar um trecho da transposição do Rio São Francisco, no município de São José de Piranhas, nesta terça-feira (13), foi marcada pelo impedimento de autoridades e de parte da imprensa paraparticipar da solenidade.

Vários grupos foram barrados e não puderam chegar sequer no local onde a presidente estava porque não teriam obedecido ao protocolo do cerimonial sobre o horário do credenciamento. “O sentimento é de frustração e insatisfação”, disse um dos jornalistas barrado.

Os jornalistas de portais, rádios da região e até da Capital, a exemplo da Rádio Tabajara, Campina FM, Correio e até do Jornal A União (do Governo do Estado) ficaram impossibilitados de fazer a cobertura do evento.

Alguns vereadores de cidades da região também foram impedidos de participar da cerimônia, causando um mal estar e até um princípio de tumulto nas proximidades da solenidade. Apesar da confusão, a presidente Dilma não ficou sabendo de nada. Tudo aconteceu distante dela.

Outros parlamentares, como o senador Vital do Rêgo, os deputados federais Aguinaldo Ribeiro (PP) e Wilson Filho (PTB) já desembarcaram junto com a petista e não tiveram problemas em acompanhar a solenidade. O governador Ricardo Coutinho encontrou a presidente ainda no Juazeiro do Norte, no Ceará e seguiu junto com Dilma para o Alto Sertão do Estado.

Dilma está inaugurando, as obras do túnel Cuncas II, da Meta 3N da transposição do rio São Francisco, na cidade de São José de Piranhas. O emboque do túnel fica localizado em São José de Piranhas e o desemboque fica na zona rural de Cajazeiras.

A presidenta Dilma Rousseff afirmou que as obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco são cruciais para garantir o melhor convívio com a seca recorrente na região. Ela ressaltou que a interligação tem envergadura especial para beneficiar 12 milhões de pessoas em estados do Nordeste, e que junto com outros projetos serão marcas indeléveis na questão da segurança hídrica.



Na próxima sexta-feira (16) a presidente volta à Paraíba para participar da formatura dos alunos do Pronatec.

Esta é a segunda vez que Dilma veio ao estado depois que assumiu o mandato. A presidente também visitará as obras do São Francisco nos vizinhos estados do Pernambuco e do Ceará. Como parte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, além do Cuncas II, também está sendo escavado o Cuncas I, que terá 15 km de extensão e é o maior túnel da América Latina para transporte de água.



Redação: Portal Pilões News com PB Agora
3
0 Comentários

Postar um comentário