Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA

A XVII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios é a última ação programada para a campanha que mobiliza gestores desde fevereiro deste ano. O movimento Viva o seu Município foi idealizado pelo conselho político e dirigentes estaduais, em janeiro. Os líderes queriam mostrar a crise à população e finalizar a campanha no evento que reúne mais de 5 mil agentes municipais.
O primeiro ato foi em 23 de fevereiro, quando é comemorado o Dia do Movimento Municipalista. Em seguida, no dia 25 março, quase mil gestores se reuniram em Brasília para a Mobilização Permanente. Na ocasião, eles conheceram e discutiram a pauta de reivindicações construída pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).
No dia 11 de abril, a campanha chegou ao auge, com a Paralisação nas Capitais. Mais de 1,8 mil prefeituras fizeram alguma atividade recomendada pela CNM e entidades estaduais. Algumas fecharam as portas, outras abriram as contas para a imprensa, manifestaram em praças com faixas e cartazes, entre outras ações.
Encerramento
Durante os três primeiros eventos, os gestores puderam conhecer detalhes da pauta e apresentar as reivindicações ao cidadão, no sentido de ganhar o apoio popular. A partir da próxima segunda-feira, dia 12 de maio, os cinco principais itens da pauta serão entregues ao governo federal e ao Congresso Nacional.
Os municipalistas querem o aumento no Fundo de Participação dos Municípios (FPM); mudanças na Lei do Imposto sobre Serviços (ISS) para melhorar a arrecadação municipal; o Encontro de Contas dos débitos previdenciários; que as desonerações de impostos não prejudiquem os repasses ao ente municipal; e que o Supremo Tribunal Federal (STF) aprecie a validade da nova Lei dos Royalties.
“A Marcha é a soma da voz dos gestores municipais para reivindicar ao governo federal as pautas municipalistas”. Para participar do encerramento da campanha Viva o seu Município, o gestor precisa se inscrever previamente no site do evento. A Marcha será entre os dias 12 a 15 de maio, no Centro Internacional de Convenções do Brasil.

Redação: Portal Pilões News com CNM
3
0 Comentários

Postar um comentário