Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA

Um mecânico de 33 anos foi assassinado na noite desse domingo (22) na frente do Hospital Nossa Senhora do Rosário em Mamanguape, cidade que fica a 62 km de João Pessoa, no Litoral Norte da Paraíba. O suspeito esperou dois anos para cometer o crime, depois de ter sido agredido pela vítima no passado.

De acordo com a Polícia Militar, a confusão que culminou na morte vítima começou em 2012. Naquele ano, ele e outro homem de 34 anos estariam consumindo bebidas alcoólicas em um bar, quando iniciaram uma discussão e o mecânico o feriu com um pedaço de ferro.

O mecânico teria ficado com medo de uma represália e acabou deixando a cidade para morar temporariamente no Rio de Janeiro. Mas, há cerca de uma semana, ele voltou a Mamanguape.

Na noite desse domingo (22), eles se reuniram com amigos em um bar novamente e depois de muitas bebidas, retomaram a confusão. O homem de 34 anos o feriu com várias facadas, para se vingar do que havia ocorrido em 2012. 

A vítima foi socorrida para o hospital da cidade no carro de um parente. Assim que desceu do veículo, na porta do local, ele se deparou com o suspeito que chegou em uma moto e concluiu o crime, dando mais facadas no mecânico, que morreu pouco antes do pronto socorro.

O suspeito de 34 anos conseguiu fugir em uma moto e apesar de ter sido identificado, ainda é procurado pela polícia.

Por Redação, com informações de Aguinaldo Mota (TV Correio HD)
3
0 Comentários

Postar um comentário