Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA

Durante as horas de liberdade, o albergado teria roubado o celular de uma mulher, que o reconheceu e prestou queixa.

Um albergado, de identidade não revelada, provocou um princípio de tumulto na noite desta quara-feira (9), após ter sido acusado de roubar o celular de uma mulher, também de identidade não divulgada, durante o período de liberdade.
Segundo informações da Polícia Militar, após o albergado retornar para o Presídio Regional Vicente Claudino de Pontes, mais conhecido como “Presídio Velho”, em Guarabira, uma mulher teria o reconhecido e prestado queixa.
Por volta das 18h, ao dar entrada no presídio, os agentes penitenciários encaminharam o albergado para uma sala, para que o mesmo prestasse esclarecimentos para a Polícia Militar. Ao adentrar na sala, o acusado começou a quebrar os móveis, provocando muito barulho. O barulho fez com que outros presos também começassem a gritar e bater nas grades das celas.
Segundo o Coronel Valério, comandante do 4º BPM, uma guarnição da Polícia Militar entrou no local e após resistência do albergado, controlou a situação.
O albergado foi encaminhado para a Delegacia Regional, onde será autuado por danos ao patrimônio penitenciário e interrogado quanto ao roubo do celular, que ainda não foi localizado.
Ainda de acordo com o Coronel Valério, ninguém se feriu.
Redação: com Nordeste1.com
3
0 Comentários

Postar um comentário