Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA

Fenômeno ocorre uma vez por ano e terá seu pico de exibição após as 3h

Torça para que as nuvens desapareçam de Porto Alegre na noite desta terça-feira. Uma chuva de meteoros vai riscar o céu na próxima madrugada _ e poderá ser vista a olho nu nos céus menos nublados do Brasil.
O cinturão de fragmentos Perseidas passeia pelo espaço todos os anos, a cada julho e agosto. Os detritos do cometa Swift-Turtle 1862 III terão seu pico de exibição após as 3h, quando cerca de 80 meteoros vão cruzar o céu.

Confira a animação do Google Doodle em celebração à chuva de meteoros


Como a chuva de meteoros tem origem na constelação de Perseu, próxima ao horizonte norte do Brasil, o fenômeno vai poder ser apreciado com mais facilidade nas regiões Norte e Nordeste. 
Os fragmentos rochosos são do tamanho de um grão de areia. O atrito gerado na entrada desses fragmentos na atmosfera terrestre faz com que as partículas fiquem incandescentes, dando a impressão de cortar o céu.
O evento astronômico também vai contar com a presença dos EarthGrazers, corpos celestes que correm no sentido contrário da chuva de meteoros, mas de forma mais lenta. A claridade da lua cheia, no entanto, pode prejudicar a visibilidade do fenômeno.
Com Zero Hora 
3
0 Comentários

Postar um comentário