Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA

Pesquisa de intenções de votos realizada pelo Instituto Souza Lopes, contratada pela Empresa de Televisão João Pessoa LTDA, para governador da Paraíba, aponta o candidato do PSDB, Cássio Cunha Lima, à frente na disputa. Se a eleição fosse hoje, segundo a consulta estimulada, Cássio teria 44,9%, contra 35,1% do candidato do PSB, Ricardo Coutinho. Em terceiro lugar, ficaria o candidato do PMDB, senador Vital do Rêgo Filho, com 3,6%, seguido pelo candidato Major Fábio, do Pros, com 0,5%. O candidato do PSTU, Antônio Radical, teria 0,3% e Tárcio Teixeira (Psol), 0,1%. Os votos brancos e nulos seriam 5,3%. Não sabe e não quis opinar 10,2%.
Na consulta espontânea, Cássio Cunha Lima aparece com 39,8%, seguido do governador Ricardo Coutinho, com 31,7%. Vital também aparece em terceiro lugar na consulta espontânea, com 2,7%. Major Fábio tem 0,3%. Tárcio Teixeira aparece com 0,2% e Antônio Radical, com 0,1%. Os votos brancos e nulos, na consulta espontânea, somam 4,9%; e 20,3% dos entrevistados não sabem ou não quiseram opinar.
A Empresa de Televisão João Pessoa integra o Sistema Correio de Comunicação. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba sob o número PB-0030/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00689/2014. As consultas foram realizadas pelo Instituto Souza Lopes entre os dias 15 e 18 deste mês. Foram ouvidos 1.500 eleitores de todas as faixas etárias, idades e classe sociais. A margem de erro é de 2,6 pontos percentuais para mais ou para menos. O grau de confiança da pesquisa é de 95%.
Maranhão tem 31,2%
Instituto Souza Lopes quis saber a preferência dos eleitores paraibanos sobre a disputa pelo cargo de senador da República. Segundo a consulta estimulada, o ex-governador José Maranhão (PMDB) lidera as intenções de voto, com a preferência de 31,2% do entrevistados. Em segundo lugar, aparece o ex-senador Wilson Santiago (PTB) com 18,3%. O candidato do PT, Lucélio Cartaxo, aparece em terceiro lugar com 14,1%. Leila Fonseca (Pros) tem 1,1% das intenções de voto.Walter Brito Filho (PTC) está com 1,1%. Rama Dantas (PSTU) e Nelson Júnior (Psol) aparecem com 0,3% cada. De acordo com o Instituto Souza Lopes, 8,4% dos eleitores paraibanos estariam dispostos a votar em branco ou a anular o voto para senador. Já 25,2% não sabem em quem votar ou não quiseram opinar.
Na consulta espontânea, José Maranhão também aparece na liderança, com 23,1%, seguido de Wilson Santiago, com 15,5%, e Lucélio Cartaxo, com 10,5%. Leila tem 0,7%, seguida de Walter Brito, com 0,3%, e Rama Dantas e Nelson Júnior, com 0,1%, cada. ‘Outros’ aparece com 0,8%. Os votos brancos e nulos somariam 5,4% e 43,5% são de pessoas que não sabem ou não opinaram.
Dilma lidera com 42,8%
Sobre a disputa para presidente da República na Paraíba, a pesquisa estimulada do Instituto Souza Lopes aponta a candidata do PT, Dilma Rousseff, na liderança, com 42,8%. A candidata do PSB, Marina Silva, tem 28%. O candidato do PSDB, Aécio Neves, está em terceiro lugar, com 11,7%. O Pastor Everaldo (PSC) tem 0,7%. Eduardo Jorge (PV) está com 0,2%, mesmo percentual da candidata do Psol, Luciana Genro. Os candidatos Levy Fidelix (PRTB), Eymael (PSDC), José Maria (PSTU), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) têm 0,1% cada. Os votos brancos e nulos na preferência para presidente são 5,3%; e 10,6% não sabem em quem votar ou não quiseram opinar.
Na consulta espontânea para presidente da República, Dilma tem 39,3%, Marina está com 25,7% e Aécio aparece com 10,7%. Pastor Everaldo tem 0,5%, seguido de Luciana Genro com 0,2%. Eduardo Jorge, Eymael, José Maria e Levy Fidélix aparecem com 0,1% cada. O percentual de quem diz votar em branco ou nulo é de 4,7%. Os que não sabem ou não quiseram opinar, 18,5%.
Reta final para conquistar os indecisos
O presidente do Instituto Souza Lopes, Bruno Souza Lopes, disse que as duas últimas semanas de campanha serão decisivas e fundamentais para os postulantes aos cargos de governador e senador. Segundo ele, os eleitores que ainda não decidiram o voto vão concentrar a atenção na atuação dos candidatos no Guia Eleitoral e nos debates que acontecerão na televisão.
“Pelo menos um terço dos eleitores ainda esperam os debates para ver como vão se comportar os candidatos. Dependendo do desempenho deles, o eleitor pode mudar ou não a opção. Para os candidatos a deputado, só resta gastar sola de sapato. É no corpo a corpo que vão conquistar os votos dos indecisos”, disse Bruno Souza Lopes.
Segundo ele, enquanto na pesquisa estimulada apenas 10,2% dos eleitores ainda não decidiram em quem votar para governador, na espontânea (que mostra o voto consolidado), o percentual é superior a 20%. “Os candidatos a governador têm duas semanas para correr atrás. Tudo pode acontecer”, frisou.
Para senador, segundo ele, a questão é mais complicada, já que 43,5% ainda não decidiram em quem votar. “Muitos eleitores ainda não sabem quem são os candidatos, o que confirma o baixo interesse pelas eleições”, frisou, e acrescenta que, para presidente da República, ocorre a mesma coisa, com 18,5% ainda sem candidatos a presidente.
Com Click PB
3
0 Comentários

Postar um comentário