Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA

Segundo Walber Virgolino, outros detentos dão duas versões para o crime. Choque e Gpoe foram chamados para conter tumulto
Um preso morreu durante uma confusão entre apenados dos pavilhões 5 e 6 do Presídio Desembargador Flósculo da Nóbrega, o Roger, na tarde desta quarta-feira (19), na Capital. O secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Walber Virgolino, informou que a confusão iniciou após o remanejamento de presos destes pavilhões.

Leia mais Notícias no Portal Correio
Foto: Briga de detentos resulta em morte de apenado durante motim no presídio do Roger
Segundo Walber Virgolino, outros detentos dão duas versões para o crime. Choque e Gpoe foram chamados para conter tumulto
Um preso morreu durante uma confusão entre apenados dos pavilhões 5 e 6 do Presídio Desembargador Flósculo da Nóbrega, o Roger, na tarde desta quarta-feira (19), na Capital. O secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Walber Virgolino, informou que a confusão iniciou após o remanejamento de presos destes pavilhões.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com o secretario, a morte foi confirmada e os demais detentos dão duas versões para o crime. Uma diz que um dos apenados teria provocado o outro após uma visita íntima da esposa. Já a segunda versão contada pelos presos é de que o apenado morto seria um “X-9” e estaria dedurando outros apenados.

O Grupo Penitenciário de Operações Especiais (Gpoe) retornou ao presídio para conter o tumulto. Walber Virgolino informou também que o Batalhão do Choque da Polícia Militar foi chamado para conter os presos e realizar uma operação para identificar o suspeito de matar o apenado.

O tumulto da noite desta quarta ocorreu poucas horas depois de um motim realizado por apenados, onde colchões foram queimados.

De acordo com o secretario, a morte foi confirmada e os demais detentos dão duas versões para o crime. Uma diz que um dos apenados teria provocado o outro após uma visita íntima da esposa. Já a segunda versão contada pelos presos é de que o apenado morto seria um “X-9” e estaria dedurando outros apenados.

O Grupo Penitenciário de Operações Especiais (Gpoe) retornou ao presídio para conter o tumulto. Walber Virgolino informou também que o Batalhão do Choque da Polícia Militar foi chamado para conter os presos e realizar uma operação para identificar o suspeito de matar o apenado.

O tumulto da noite desta quarta ocorreu poucas horas depois de um motim realizado por apenados, onde colchões foram queimados.

Fonte: Facenews João Pessoa-PB
3
0 Comentários

Postar um comentário