Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA

laudia Raia e Miguel Falabella, juntos com Victor Haim e José Fernando Pagan, foram condenados a indenizar a família do dramaturgo Mauro Rasi em R$ 524 mil. O motivo?
Em meados dos anos 2000, eles encenaram 17 apresentações em Portugal da peça "Batalha de Arroz num Ringue para Dois", sem a autorização da família do autor do espetáculo. Segundo a coluna "Gente Boa", do jornal "O Globo" desta quarta-feira (17), Miguel e Claudia - às vésperas de completar 30 anos de carreira - ainda podem recorrer da decisão.
Na peça "Batalha de Arroz num Ringue para Dois", os atores interpretavam o casal Nélio e Ângela. Ahistória gira em torno da mulher que percorre quatro "bodas" ao lado do conturbado marido. Antes de Claudia, Miguel já havia encenado o espetáculo com Bia Nunnes e Cláudia Jimenez. Em 2004, em entrevista à imprensa, o ator disse considerar "Batalha" como uma "peça emblemática" da comédia.
"Pelo diálogo fino e preciso e pela distorção dos personagens", explicou. "O Mauro Rasi tinha isso: ele pegava uma lente de aumento que distorcia, mas ao mesmo tempo deixava tudo crível", completou. O dramaturgo morreu aos 54 anos, em abril de 2003, vítima de um câncer de pulmão.
claudia.jpg
Miguel foi acusado de racismo por 'Sexo e as Nêgas'
Recentemente, Miguel Falabella também viu seu nome envolvido em outra polêmica. Antes de lançar o seriado "Sexo e as Nêgas", ele passou a ser alvo de críticas que consideravam o conteúdo da atração como racista e machista. Por causa disso, o seriado - gravado em uma favela não pacificada do Rio de Janeiro - teve até mesmo cenas cortadas. "Estamos em um tempo do politicamente correto, não esqueça isso", pontuou ele em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo".
Para ele, a opção por "nêgas" e, não, "negras" foi proposital. Miguel quis, com isso, frisar o jeito carioca de falar. O objetivo, segundo o autor, nunca foi ser preconceituoso. "Talvez eu tenha julgado mal porque achei que todo mundo entenderia a paródia com 'Sex in the City'", disse ele, no programa "Encontro com Fátima Bernardes". "Porque a China fez o 'Sex e as Amarelas' (e não é muito bom, não)", completou o autor, que também cogitou escrever "Sexo e as Loiras".
Mesmo com toda a polêmica, Miguel acabou sendo convidado a participar da entrega do Troféu Raça Negra. "Vamos debater reflexivamente as questões levantadas por 'Sexo e as Nêgas'. As vozes inteligentes começam a se manifestar! As negas no poder", festejou ele no Facebook.
Fonte: Paraiba.com.br via180 Graus 
3
0 Comentários

Postar um comentário