Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA


Em um ambiente de trabalho competitivo, candidatos estão dispostos a fazer de quase tudo para conseguir uma vaga. E há empregadores que exigem coisas quase impossíveis mesmo.
A BBC consultou diversos leitores através do site de pergunta e respostas Quora.com para ouvir algumas das experiências mais esquisitas de entrevista de emprego já enfrentadas.
Confira abaixo algumas delas.

SEM TREMORES

Lee Ballentine conta a experiência que foi concorrer a uma vaga de engenheiro no Vale do Silício nos anos 80. Ballentine diz que a entrevista se deu em um escritório improvisado, com o diretor da empresa, um ex-militar israelense.
"Foi quando começou um terremoto, e isso continuou por algum tempo, com alguma gravidade. Da minha cadeira eu conseguia ver as pessoas correndo pelo corredor em direção à saída", conta Ballentine.
Em vez de sair correndo, o diretor ficou impassível.
"O tremor ficou mais intenso, com várias coisas caindo das prateleiras e cada vez mais gente indo embora. Mas eu decidi que se o diretor conseguia lidar com aquilo, eu também conseguiria. Continuamos conversando até que éramos as últimas duas pessoas no prédio."
Meia hora depois, quando o tremor acabou e as pessoas começaram a voltar, eles ainda estavam conversando.
"Alguns dias depois, eles me ofereceram o emprego e eu aceitei. Eu imaginei que isso fosse acontecer, depois de eu enfrentar um terremoto pela vaga."

EMPREGO CÃO

O leitor Murli Ravi relata a experiência de um amigo que tentava contratar um gerente para sua empresa. Ao chamar um candidato para entrar na sala, o lugar foi invadido por um cachorro da raça Golden Retriever sem coleira.
Durante a entrevista, o cachorro se comportou bem - deitando-se sob a mesa sem perturbar ninguém. O entrevistador até ganhou simpatia pelo candidato com o cachorro.
No entanto, ao final da entrevista, ele resolveu perguntar: "Por que você achou que seria normal trazer o seu cachorro para a entrevista?"
E a resposta foi: "Meu cachorro? Eu achei que o cachorro era seu! Eu ia perguntar a mesma coisa."
Eles acabaram descobrindo que o cachorro pertencia a outra pessoa da firma, e que havia fugido temporariamente de seu dono.

ESQUEÇA A LEI

Enquanto estudava ciências ambientais, Sam Huleatt sempre considerou a hipótese de largar tudo e virar advogado. Ele conseguiu uma entrevista em uma das empresas mais famosas de advocacia. Mas durante a entrevista, ele conta que a entrevistadora ficava rasgando páginas de seu currículo, enquanto perguntava: "Como uma pessoa que se importa com o meio ambiente, isso aqui te irrita? Nós desperdiçamos um monte de papel aqui e não nos importamos com isso."
Depois disso, Huleatt desistiu de procurar um emprego como advogado.
Fonte: BBC Brasil

3
0 Comentários

Postar um comentário