Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA



É comum algumas pessoas chegarem perto de mim e perguntarem a respeito das minhas postagens e comentários sobre os mais diversos políticos da nossa região e até a nível nacional. São comuns as seguintes perguntas: Por que você critica este(as) ou aquele(a) gestor(a)? Por que você muda de opinião elogia e depois crítica?. Agora, tentarei expor aos leitores os motivos.  

Às criticas aos gestores e gestoras são baseadas no que acredito ser certo ou errado. Além disso, ao contrário de muitos outros que expressam algum tipo de opinião não tenho laço de dependência ou gratidão pelos(as) gestores(as) . Não tenho, nunca tive e nem quero nenhum tipo de privilégio ou vantagens pessoais. Observo de forma clara que precisamos evoluirmos na área da administração pública em todos os níveis, municipais, estaduais e federal. Então,fico tranquilo para poder criticar qualquer gestor ou gestora.

O ponto que chama mais atenção de alguns leitores,em especial daqueles que tem alguma paixão partidária, é quando faço alguma(s) critica(s) e depois em outro momentos faço elogios aos que critiquei ou então o contrário,elogio e depois faço criticas. A resposta para este ponto é simples. Não tenho compromisso com o erro, não sou dono da verdade,  não vejo nada de errado em reconhecer um erro e fazer o que é correto e também de forma coerente ver e expressar os acertos de quem antes critiquei ou criticar que antes elogiei. 

Para muitos isto é ser inconstante, porém, vejo como coragem de assumir posições distintas fundamentado no que acredita. Falar de forma negativa ou positiva de quem detém o poder não é qualquer um que faz, alguns elogiam ou criticam detentores do poder para atender outras forças e interesses.

Portanto, como diria Raul Seixas, " Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo".

Vamos em frente com seriedade e coragem!
3
0 Comentários

Postar um comentário