Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA

* Tárcio Teixeira

(Ex Candidato ao Governo da Paraíba pelo PSOL)



Prefeito Luciano Cartaxo (PT) ameaçando cortar o ponto dos/as trabalhadores/as da educação, diretores de escola ligando e enviando mensagens ameaçadoras para celular particular dos/as professores/as, vereadores/as adiando audiência com Secretária de Educação de Educação, diretores/as do Sindicato dos/as Professores (ligados ao PT) votando contra a greve. Essa é a postura autoritária dos que deveriam defender a educação de João Pessoa.

As perguntas que ficam: por qual motivo diretores/as (alguns são Diretores/as do Sindicato), que estavam apoiando e construindo a greve da educação de João Pessoa, passaram a furar a greve a ameaçar trabalhadores/as? Qual novidade na proposta do Prefeito? Voltou a ter merenda nas escolas? Se o Sindicato tinha mais tempo para responder ao Judiciário (Prefeito quer Ilegalidade da greve), deveria ter peticionado no processo antes da Assembleia da categoria?

Nada mudou! Nem a postura da Prefeitura, nem a indignação e vontade de mudar dos/as trabalhadores da Educação. A categoria percebeu a postura autoritária do Prefeito e segue em luta. Cartaxo recebeu uma pauta com vários pontos em defesa da educação, limita sua proposta a salário, e mesmo assim propõe míseros 3%, e vem dizer que isso é diálogo, isso é falta de respeito!

A Câmara dos Vereadores de João Pessoa segue a postura autoritária e sem diálogo da gestão Cartaxo, além de não atender a solicitação de uma Sessão Especial para debater a Educação, adia a audiência que escutaria a Secretária de Educação. Nunca acreditei na postura de Benilton Lucena, Vereador do PT e Diretor do Sindicato, mas muitos/as trabalhadores/as da educação acreditavam no parlamentar, mas a máscara caiu e Benilton foi chamado de traidor dentro da Câmara dos Vereadores, não tem autoridade moral nem mesmo para participar das assembleias da categoria, teme uma grande vaia.

Vivemos um momento de grandes lutas em nosso país, a Paraíba não fica fora dessa conjuntura, Brasil a fora, onde gestores cortaram ponto e ameaçaram de demissão, as greves tomaram proporções maiores e alcançaram importantes conquistas.

O PSOL participa das mobilizações e apoia a população de João Pessoa e a luta dos/as trabalhadores/as em defesa da Educação. Não é pelo fato do PT ter abandonado suas antigas bandeiras que o medo vai vencer a esperança. O PSOL seguirá nas diferentes lutas por direitos, da mesma forma, estaremos na disputa pela renovação na institucionalidade, seja na Câmara dos Vereadores, seja na Prefeitura de João Pessoa.

POSTADO POR ÀS 08:35  
Enviado peloTárcio Teixeira
Ex Candidato ao Governo da Paraíba pelo PSOL
Vice-presidente do PSOL/PB
Presidente Conselho Regional de Serviço Social da Paraíba (CRESS/PB)
Oi - 87735730 / Tim - 96177517
Twitter: @tarcioteixeira
3
0 Comentários

Postar um comentário