Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA

Nos últimos quatro dias foram 96 milímetros na Capital. Motoristas encontram dificuldade de trafegar.

Várias avenidas da Capital tiveram pontos de alagamento (Crédito: Reprodução / WhatsApp)
As fortes chuvas que continuam a cair têm ocasionado vários pontos de alagamento em João Pessoa. De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), foram registrados 56 milímetros entre as manhãs de quarta (24) e desta quinta-feira (25). Nos últimos quatro dias foram 96 milímetros. O órgão avalia que os números estão dentro do esperado para esta época do ano.

De acordo com a meteorologista Marle Bandeira, a média histórica na capital paraibana, em junho, é 300 milímetros. “É comum chover acima de 50 milímetros em apenas um dia em João Pessoa neste mês. Inclusive, este índice pluviométrico pode ser até maior, já que estamos dentro do período chuvoso do Litoral”, disse.

Devido às chuvas, os motoristas têm encontrado dificuldade para transitar em algumas ruas e avenidas da Capital. A Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob) de João Pessoa tem utilizado as redes sociais e a orientação presencial dos agentes de trânsito sobre opções de desvios das áreas alagadas.

Entre as áreas mais complicadas, estão trechos das avenidas Sérgio Guerra, nos Bancários; Epitácio Pessoa; Raniere Mazilli, no Cristo; Hilton Souto Maior, no José Américo; Beira Rio; Pedro II; e em frente à Estação Ferroviária, no Varadouro.

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Compdec) informou que está sendo realizado o monitorando das 31 áreas consideradas de risco durante o período chuvoso. “Estamos de prontidão para atender a população e para qualquer eventualidade. Até o momento não registramos pontos de alagamento, até mesmo nas localidades como a Avenida Beira Rio e Cuiá, que costumavam alagar”, explicou o coordenador da Defesa Civil, Noé Estrela. 

Mais chuvasTambém choveu forte em Cabedelo (64 mm), Pilar (45,7mm), São Miguel de Itaipu (35,7mm), Rio Tinto (33,1mm), Caldas Brandão (31,3mm), Ouro Velho (32,4mm) e Monteiro (24,2mm). “Sabemos que as chuvas foram mais significativas no Litoral e que também tivemos ocorrências em pontos isolados do Brejo e até no Cariri. Ainda não temos este levantamento completo porque houve um problema na rede elétrica que abastece a Aesa e nosso sistema ficou fora do ar durante boa parte desta quinta-feira”, explicou Bandeira.

A previsão para a sexta-feira é de novas chuvas no Agreste, Brejo e Litoral, só que em menor intensidade. Confira:

Litoral - Tempo deverá permanecer instável e favorável a chuvas - Max.: 29°C Min.: 22°C

Brejo - Tempo deverá permanecer instável e favorável a chuvas - Max.: 25°C Min.: 19°C

Agreste - Tempo deverá permanecer instável e favorável a chuvas - Max.: 29°C Min.:19°C

Cariri/Curimataú - Céu com muitas nuvens. - Max.: 31°C Min.: 18°C

Sertão - Céu com muitas nuvens - Max.: 34°C Min.: 20°C

Alto Sertão - Céu com muitas nuvens - Max.: 33°C Min.: 20°C

Do WSCOM Online
3
0 Comentários

Postar um comentário