Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA




A tendência mais forte do momento no PSDB da Paraíba é lançar candidato próprio a prefeito de João Pessoa, apesar de todos os rumores de alianças com candidatos de outros partidos. Esta é a síntese do que revelou com Exclusividade em entrevista no programa 'NORDESTE EM REVISTA”, o ex-deputado federal e presidente do PSDB, Ruy Carneiro, colocando seu nome à disposição para apresentar um Programa de Governo, que considerou mais competente.

Em entrevista ao jornalista Walter Santos, depois de visitar a sede do Grupo WSCOM, ele fez uma avaliação do PSDB nos planos nacional e estadual, até previu mudanças fortes no Governo com a votação das ações em curso no Tribunal Regional Eleitoral e disse que, “se fosse governo na atualidade, teria feito mais do que Luciano Cartaxo”.
O líder do partido tucano na Paraíba falou ainda sobre a crise econômica no país e fez uma leitura sobre a realidade hoje do Brasil e do Estado da Paraíba.
“Estamos vivendo uma época em que o Brasil está sendo passado a limpo e isso é importante que aconteça. A Lava Jato, esses processos de impeachment, que tem efetivamente, sobretudo a Lava Jato dado resultados, julgamentos do TCU, julgamentos que nós teremos do TCE, processo contra o presidente da Câmara, tudo isso no meu entendimento tem o intuito de, com o tempo - porque as mudanças culturais elas levam tempo para mudar e acabar com esse chavão brasileiro de que no Brasil tudo pode, no Brasil não tem lei, no Brasil a gente faz o que quer e nada acontece. Principalmente para as novas gerações o que está se passando no Brasil, de fulano que é importante e está preso. Nós temos um país em que os principais donos das construtoras estão na cadeia, isso é um fato. Isso é um fato sobretudo simbólico, de políticos, de ex-ministros, de deputado, de senador. Então é um sinal que as coisas estão mudando. Como eu disse as mudanças culturais demoram um pouco mas o brasil efetivamente pode-se dizer está se passando a limpo, então eu prevejo daqui a dez ou vinte anos uma geração que não será como a geração de hoje que é aquela que veio da educação do jeitinho de que tudo se dá um jeito. Os tempos estão mudando, isso é importante para a história do Brasil”.

Fonte: 1001noticias.com.br
3
0 Comentários

Postar um comentário