Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA



Câmara Municipal de João Pessoa, uma Denúncia e um Anúncio.
Eu estava apenas aguardando a realização da Reunião do Diretório Municipal do PSOL de João Pessoa, ocorrida na segunda (25 de abril) a noite, para anunciar que não mais sou pré-candidato ao cargo de Prefeito de João Pessoa. Queria aproveitar essas linhas para melhor descrever os motivos que fazem eu recuar dessa tarefa e apontar a disposição para assumir outras. Infelizmente, após o dia no trabalho e uma longa reunião do Diretório Municipal, fiz a leitura das notícias do dia, tomada por vergonha e a hipocrisia, e fui obrigado a trazer outros elementos de relevância coletiva.
A Câmara Municipal de João Pessoa foi transformada em campo de guerra. Um legislativo formado por defensores de governo, alguns do atual e outros dos que passaram. A cidade, e seu povo, ficou a margem do debate.
Vimos dezenas de agressões camufladas de “Excelência”. Acusações de regimento descumprido. Bolo de parabéns para uma Comissão acusada de não funcionar, ou de funcionar apenas para esconder ilegalidades da gestão municipal. TV Câmara desligada na expectativa de reduzir o descalabro de um Legislativo Municipal que muito lembrou a Câmara dos Deputados em votação do impeachment.
Não vimos um debate sério sobre um dos principais pontos da nossa João Pessoa, a Lagoa. Vimos vereadores querendo construir uma briga entre Controladoria Geral da União (CGU) e Caixa Econômica Federal (CEF). Alguns legisladores chegaram a comparar a obra da Lagoa com a obra da Arena das Dunas, sem lembrar do desastre lá ocorrido. Assim como anunciávamos as possíveis consequências das obras da Copa, quem frequenta o Centro de João Pessoa, leu ou acompanhou na TV e nas redes sociais as matérias sobre as últimas chuvas, não precisa ler relatório da CGU ou ofício da CEF para saber os impactos decorrentes das obras da Lagoa em nossas vidas.
João Pessoa precisa de obras estruturantes e gestores e vereadores que não sejam do lado dos que estão ou dos que já estiveram, mas que possuam independência programática para o que for melhor para cidade. Os que estão hoje com uns e amanhã com outros, ou que trocam de partido por mero oportunismo eleitoral, não passarão no que pode ser a maior renovação das eleições brasileiras, esse sim deve ser o motivo para o tamanho desespero visto na Câmara Municipal de João Pessoa.
Voltando...
Desde já, assumindo o compromisso em passar mais informações no momento oportuno, pois essa é uma tarefa da Direção Municipal, cabendo aqui apresentar uma posição unicamente pessoal, volto ao meu anúncio: ao companheiro Victor Hugo, Presidente do SINDIFISCO e Coordenador do Fórum dos Servidores, afirmar a disposição em assumir a tarefa de ser pré-candidato à Prefeito de João Pessoa pelo PSOL, eu abro mão da minha pré-candidatura. Entender que é o nome de Victor é quem melhor representa o PSOL na conjuntura atual, ampliando o debate sobre a cidade, possibilitando a formação de uma Frente verdadeiramente de Esquerda e permitindo que eu possa somar na formação de uma futura chapa de Vereador em João Pessoa.
O Lugar do Povo É na Política!
____
Tárcio Teixeira
Ex Candidato ao Governo da Paraíba pelo PSOL (2014)
Membro da Direção Nacional do PSOL (2015/2017)
Presidente do PSOL/PB (2015/2017)
Membro da Comissão Nacional de Ética do PSOL (2012/2015)
Ex Presidente Conselho Regional de Serviço Social da Paraíba (CRESS/PB- 2011/2016)
Oi - 87735730 / Tim - 96177517
Twitter: @tarcioteixeira
3
0 Comentários

Postar um comentário