Flexible Home Layout

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

POLITICA


A Superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária na Paraíba (Incra/PB) apresentou, na manhã desta quinta-feira (14), durante reunião da Coordenação do Colegiado do Território da Cidadania da Zona da Mata Sul, as ações e serviços disponibilizados pela Autarquia para os agricultores familiares paraibanos. Cerca de 30 representantes de órgãos e entidades parceiros, de movimentos sociais, de assentamentos da reforma agrária e de comunidades da agricultura familiar participaram do encontro, realizado no auditório da Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf), no bairro do José Américo, em João Pessoa.
Também foram divulgadas ações e serviços oferecidos pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater/PB), pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB), pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), pela Fundação Nacional do Índio (Funai), pelo Governo da Paraíba, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SDH/PB) e do Projeto Cooperar, pela Comissão Pastoral da Terra (CPT) e pela Vinculus - Cooperativa de Prestação de Serviços em Desenvolvimento Sustentável.     
A exposição do Incra/PB foi apresentada pelo superintendente regional em exercício, o servidor Kleyber Oliveira da Nóbrega. Após falar sobre a missão da Autarquia, responsável pela execução da reforma agrária e pelo ordenamento fundiário nacional, Nóbrega discorreu sobre as ações do Incra relacionadas ao acesso à terra, como a criação de assentamentos e a regularização de territórios quilombolas; e ao desenvolvimento dos assentamentos, através da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), de obras de infraestrutura, da concessão de créditos, do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), do Terra Sol e do Terra Forte.
O superintendente também falou sobre a retomada da emissão de Declarações de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAPs/Pronaf) e dos mutirões de documentação do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR), e ainda sobre o ordenamento da estrutura fundiária, através do georreferenciamento e do cadastro de imóveis rurais.
“Para avançarmos no desenvolvimento agrário, é fundamental que os órgãos públicos, as entidades não-governamentais e os movimentos sociais do campo trabalhem em parceria com os agricultores assentados e de comunidades da agricultura familiar. Políticas públicas implementadas sem a participação daqueles que serão beneficiados dificilmente alcançam bons resultados”, afirmou o superintendente regional.

Território Zona da Mata Sul (PB)
O Território da Cidadania Zona da Mata Sul Abrange uma área de aproximadamente 1,87 mil quilômetros quadrados e é composto por 13 municípios paraibanos: Alhandra, Bayeux, Caaporã, Caldas Brandão, Conde, Itabaiana, João Pessoa, Pedras de Fogo, Pilar, Pitimbu, Juripiranga, São José dos Ramos e São Miguel de Taipu. 
 


-------------------------------------------------- 
Att, 

Kalyandra Vaz (DRT 1679/PB) 
Assessoria de Comunicação Social do Incra/PB 
(83) 3049-9259 / 98610-1118 
3
0 Comentários

Postar um comentário